sexta-feira, 28 de agosto de 2020

Helvetica [Mapa]

Helvetica é uma terra próspera que cobre o sudeste de Sellure. Separada pelo Rio Leite em três vastas planícies, é caracterizada por florestas densas e pantanais de clima quente e úmido. Durante o período de chuva, o Rio Leite transborda e alaga as planícies de forma a conferir um ecossistema exuberante e único, no período de seco as águas baixam e, nas terras recém inundadas surge uma vegetação rica em nutrientes, ervas e capim que colabora para conferir a Helvetica o título de maior produtora de gado e alimentos no reino.

No Livro 2, Alma de Diamante, Ralph e seus amigos passam por Helvetica enquanto buscam uma cura para a maldição de Peter Lee e Hayley, hospedando-se na capital de Campos Verdes. No Epílogo de Espada de Madeira o leitor também tem um vislumbre do Vale dos Ventos, onde Ralph cresceu durante a infância. A Profº Clover também é helveticana, tendo trabalhado na escola Kylie Kalma.

  • Campos Verdes;
  • Vale dos Ventos;
  • Ilha da Espada Quebrada;
  • Bosque Peridota;
  • Rio de Leite;
  • Mar Sem Retorno.

CAMPOS VERDES

A capital de Helvetica é marcada por tornar-se uma das primeiras "Cidades Cinzentas", onde a ciência e a tecnologia prosperaram e suas fronteiras se viram fechadas para determinadas raças, tendo sido criadas novas leis e burocracias para a importação de produtos. Com a presença de aparelhos eletrônicos, televisores com transmissão de selos elétricos e até mesmo carros, Campos Verdes abandonou sua imagem de uma terra fértil, próspera e convidativa para imigrantes e trabalhadores rurais, tornando-se um local completamente diferente.

Há bairros onde raças não podem ter acesso, sejam elas geckos, tótines ou monstros. Controladas por famílias ricas e de grande influência, a população mais carente se viu oprimida pelas vontades dos mais fortes. Ainda que tenha sido mantida sob o domínio territorial do Rei, a reputação como uma terra de lazer e turismo diminuiu em grande escala.

Campos Verdes serve como palco da Parte 1 do livro Alma de Diamante, quando os personagens se envolvem com a influente família Copperplate.

"A fonte na entrada trazia a magnanimidade imposta pela família. Ter uma estátua construída à própria imagem demonstrava o orgulho que os Copperplate sentiam de sua herança — o marido e sua esposa estavam de pé ao lado de suas crianças que sorriam alegres. Sob a base havia uma placa de pedra preta com os dizeres: “Que a perfeição não seja uma meta, mas a realidade.” — Capítulo 9, Alma de Diamante.

VALE DOS VENTOS

O Vale dos Ventos é uma região remota localizada no leste de Helvetica entre duas cadeias de montanhas. Os habitantes são predominantemente geckos, eles trabalham com grãos dos mais variados tipos e há muitos moinhos. Duas figuras importantes que lá vivem são Dona Nakara e o Sr. Tokkero, pais adotivos de Ralph.

"Se pegassem a estrada para o leste, era possível alcançar o Vale dos Ventos onde Ralph crescera. [...] Aquele caminho lhe era muito familiar, lembrava-se de tê-lo usado várias vezes quando ainda estudava na escola. Grande parte dos geckos que moravam em zonas rurais não tinha acesso ao ensino, não aprendiam a ler e nem escrever; a Srta. Clover, sua professora, esforçara-se muito para que Ralph progredisse e não ficasse atrás de outras crianças de sua idade." — Capítulo 7, Alma de Diamante.

ILHA DA ESPADA QUEBRADA

A Ilha da Espada Quebrada trata-se de uma localidade remota e inabitada, um dos lugares mais engimáticos de Sellure. Dizem que a primeira grande aventura dos Três Heróis se deu nela, e também onde Canas, o Descobridor do Mundo, iniciou sua jornada em busca de uma tripulação para desbravar Sellure.

O nome foi dado por conta do conjunto de três ilhas que aparenta o punho de uma espada, a lâmina superior e a inferior que são interligadas por uma longa ponte. Há também um navio naufragado há poucos metros do solo oceânico, um tesouro histórico muito estudado por mergulhadores e especialistas da área que afirmam ter sido o mesmo utilizado por Canas.

Curiosidade: A Ilha da Espada Quebrada é considerada o ponto inicial de Sellure porque a primeira história escrita pelo autor aconteceu nela, antes mesmo de se tornar ficwriter em 2010. Seu título era "O Diário do Capitão Canas" e foi escrita na forma de roteiro. Ainda que a fanfic não seja canônica, a referência da ilha permaneceu.

BOSQUE PERIDOTA

O Bosque Peridota trata-se de uma das academias direcionadas a especialistas em cura e magia branca. Apesar de não ter grande procura por se tratar de um tipo de formação que exige dons natos, é também uma das mais difíceis de se ingressar. Os estudantes têm contato com a natureza e os animais, sua disciplina inclui psicologia, terapia, primeiros socorros, farmacologia, biologia, patologia, traumatologia e mais uma variedade de ensinos avançados.

Alguns estudantes acabam por desenvolver habilidades únicas de cura, alguns até mesmo recebem bolsas de estudo por descobrirem novos medicamentos, portanto acabam sendo dispensados do exército e sendo direcionados para áreas como pesquisa e ciência. Ainda que a Srta. Clover tenha se formado na Base Granada, ela se pós-graduou em magia branca no Bosque Peridota.

RIO DE LEITE

O Rio Leite é um dos mais antigos e belos de Sellure, servindo como ponto essencial para a formação das terras helveticanas e sua flora.

Há uma lenda que aqueles que se banharem em sua nascente nas montanhas encontra rejuvenescimento e saúde abundante, embora sua caverna tenha sido escondida através de um forte feitiço após viajantes e aventureiros interessados em seu poder começarem a destruí-lo.

MAR SEM RETORNO

O Mar Sem Retorno é dono das águas mais perigosas em toda Sellure. Com tempestades repentinas, ciclones, redemoinhos e maré forte, pouquíssimos viajantes se arriscam nessa região remota que também é lar de inúmeros monstros marinhos.

No passado havia uma ilha oculta pela neblina, chamada de A Ilha do Tempo. É onde foi travada uma das batalhas mais violentas dos Três Heróis contra seu inimigo, os danos foram tantos que a ilha desapareceu do mapa e sua cidade viu-se inundada, o que dizimou sua população.

Curiosidade: A ilha localizava-se onde hoje está a rosa dos ventos no mapa de Sellure.

  3 comentários:

  1. Adoro locais mais simples e de tom rural, de vez em quanto é otimo para descontrair! Imagina as coisas que os Geckos podem fazer com tanta vaca lá no vale dos ventos KKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero muito terminar de atualizar todas as informações do mapa de Sellure, até porque novas ideias começam a surgir e posso até utilizá-las nos Supports! Perpetua e Trajan são as que menos aparecem nos livros, então terei muito o que pensar. Gosto muito de Helvetica por esses ares mais simples também, precisamos de mais cenas no Vale dos Ventos kkkkk

      Saudades, Shii <3 Obrigadinho pelo comentário!

      Excluir
  2. Maneiro bicho, agora bora fazer uma tripulação pirata e saquear o navio naufragado.

    ResponderExcluir

Menu Principal






Menu Secundário






Estatísticas




POSTAGENS
COMENTÁRIOS
Tecnologia do Blogger.

Comentários Recentes

Companheiros de Aventura

+ Lidas da Temporada