quinta-feira, 6 de outubro de 2022

Itens e Produtos #11 - Pelúcia do Lesten

Uma vontade que sempre tive como fã de colecionáveis era que meus personagens pudessem virar produtos; figures, pelúcias, cartas, jogos, o que quer que estivesse ao meu alcance. Como uma criança dos anos 90, cresci com tazos, álbuns de figurinhas, colecionáveis e pude ver o nascimento de um hobby que hoje movimenta um mercado gigantesco. Mas enquanto Matéria não faz sucesso, vou brincando de confeccionar minhas próprias coisas *risos*

Por sorte em casa tenho irmãs supertalentosas que também são excelentes ao criar e mexer com artesanatos. Pedi um Lesten de pelúcia, e eis que nasceu a versão protótipo do nosso lagarto favorito!

Houve também a tentativa de confeccionarmos uma adorável Hayley, mas digamos que o resultado final ficou um pouco... abaixo do desejado. A Hayley não foi aprovada, mas pode ser que ela volte em outra oportunidade.

Agora com uma pelúcia do Ralph, Lesten e o amigurumi do Bill, o que será que vem a seguir para a coleção de Matéria? Estou pensando em algum Pop Funko da Auria!
 


quarta-feira, 5 de outubro de 2022

Itens e Produtos #10 - Amigurumi do Bill

 

A palavra “amigurumi” surgiu da conjunção de duas outras palavras japonesas: “ami” que significa malha e “nuigurumi” que significa bicho de pelúcia. Segundo a tradição japonesa os amigurumis possuem uma “alma”, que o converte em um companheiro e confidente para o seu dono, proporcionando proteção e consolo.

Em Maio de 2021 eu recebi esse amigurumi do Bill de presente da Star-chan. Trabalho da talentosa @jessc_souza.

Essa descrição se encaixa perfeitamente com o totinismo e o valor que os tótines colocam em algum item ou objeto estimado, os chamados Amuletos Sagrados. Talvez esse Bill seja o meu protetor nos eventos. Sempre serei muito grato pelo meu guaxinim, por isso obrigado, Star ♥

Minha coleção de Matéria continua aumentando! O que será que vem aí de novos produtos?


domingo, 31 de julho de 2022

Perpetua [Mapa]

"
Perpetua é a província mais isolada de Sellure, sendo cercada por uma cadeia de montanhas que torna o seu clima temperado e extremamente gélido. É a única região que costuma nevar grande parte do ano, o que contribui para uma fauna atípica com criaturas que não são encontradas em nenhum outro lugar do reino. A biodiversidade também é única, com pinheiros, plantas e flores raras que só nascem nesta região por conta das baixas temperaturas. Há também a forte presença de fósseis e outros vestígios do passado que foram preservados pelo gelo e solo adequado.

Tornou-se a região predileta de viajantes que passam as férias em Perpetua como um refúgio e fuga de suas preocupações do dia a dia. A única vez que Perpetua foi afetada pela guerra aconteceu durante a Guerra das Espadas, onde a capital no norte foi completamente destruída, mais tarde tendo sido transferida para o sul no Arco Índigo. 

Aqueles nascidos em Perpetua são chamados de perpetinos. Perpetua é conhecida como a província do amor e dos apaixonados.

  • Arco Índigo;
  • Palácio dos Cristais;
  • Vulcão Naval;
  • Tormenta dos Desafios;
  • Pousada do Inverno;
  • Ilha dos Metais;
  • Ilha Água-viva;
  • Reserva das Criaturas Raras e Exóticas.

ARCO ÍNDIGO

Arco Índigo é a atual capital de Perpetua, famosa por seus pontos turísticos e por ter sido inteiramente projetada e voltada para o turismo. É uma cidade costeira de beleza exuberante, com frequência recebe navios de viajantes vindos de todos os lugares. Recebeu este nome por conta do colossal monumento de quase 50 metros de altura em forma de arco, construído no centro da cidade em comemoração à chegada dos heróis após sua vitória contra a investida dos Três Soberanos.

A Família King possui forte influência na capital, atuando como a autoridade suprema. Os habitantes da Perpetua possuem um grau elevado de conhecimento, sendo assim a capital com o maior índice de alfabetização e acesso à cultura. É uma cidade com fortes influências da tecnologia, sendo também conhecida por oferecer muitas oportunidades de estudo com as melhores faculdades. A cidade também é a sede de diversas premiações e torneios (como as olimpíadas).

PALÁCIO DE CRISTAL

O Palácio de Cristal é conhecido por ser o local onde a Família King vive. É uma região nobre entre as montanhas onde pouquíssimas pessoas têm acesso, com um valor de terreno inestimável. Ali existem somente mansões e castelos com um valor na casa dos milhares, sendo assim o sonho de consumo de muitas pessoas. A vista para o mar é inigualável, sendo possível enxergar a montanha que serviu como berço para os primeiros dragões.
É onde vive Pernelle, a matriarca dos King e uma das Oito Representantes. Graças à sua magia, todos os anos Pernelle cobre o céu de Perpetua com uma aurora boreal na madrugada da última noite de cada mês.

VULCÃO NAVAL

O Vulcão Naval é a montanha mais alta do reino. Historiadores alegam que no passado o vulcão foi congelado por um dragão lendário conhecido como Glacirex que com seu poder foi capaz de alterar completamente o clima em toda Perpetua. Até mesmo o magma em seu interior foi cristalizado e solidificado, tornando-o um vulcão extinto.

Muitos aventureiros ousam adentrar as cavernas do Vulcão Naval em busca de Esferas de Comunicação que só podem ser extraídas de seus cristais, tornando-se um produto caro e requisitado.

"Sobre a mesa estava um pequeno orbe azulado, do tamanho de uma bola de beisebol [...] era o meio de contato mais rápido do reino. Um item cobiçado por viajantes, pois quando ligados através de eletromagnetismo, os orbes estabeleciam contato através de sons mesmo a milhares de quilômetros de distância." — Livro 1, Capítulo 3.

TORMENTA DOS DESAFIOS

É a antiga capital da província. Foi invadida durante a Guerra das Espadas por Eleanor, Odylon e Rudsi que incendiaram a cidade e a tomaram para si. O fogo durou cinco dias, e a fumaça pôde ser vista até mesmo das capitais vizinhas até que um forte vento vindo do oeste o apagou. Dizem que foram os membros da Família King que controlaram o clima para socorrê-los.

Durante o domínio dos Três Soberanos tornou-se uma base reforçada de seu poderio, permitindo o controle do sul durante a guerra. Passou a ser conhecida como Tormenta dos Desafios, pois muitos prisioneiros foram mantidos em celas secretas e até mesmo torturados. Drake, o Braço da Justiça, foi um dos responsáveis pela retomada da antiga capital, o que serviu como porta de entrada para a invasão de Tómarùm pelas montanhas em um ataque surpresa, obrigando que os Soberanos fugissem.

Atualmente não resta nada além de ruínas e um cenário de horror do que foi um dos crimes mais cruéis cometidos pelos Três Soberanos.

POUSADA DO INVERNO

Apesar do nome estranhamente comum, trata-se de um ponto turístico muito famoso na região. Costumava ser conhecida como a Bar do Leite por seus famosos drinks quentes que vão desde café, cappucino, milk-shake até fondue de chocolate e outras iguarias. Ao seu redor foi construído um vilarejo totalmente voltado para o turismo.
Secretamente, é também um dos laboratórios do Doutor Erlenmeyer. Dizem que ele é fascinado por café.

ILHA DOS METAIS

Um conjunto de três ilhas em formato triangular com metais abundantes. Elas são protegidas por golens feitos de matéria prima natural, mas não se sabe quem lhes concedeu vida e o que protegem. A ilha central possui uma gigantesca estátua e ruínas de uma civilização muito antiga escrita em braile.

Ao seu redor, as três ilhas que a rodeiam são conhecidas como Ilha do Aço, Ilha de Titânio e Ilha do Ouro. É uma zona protegida pelo governo e não pode ser acessada.

ILHA ÁGUA-VIVA

Um conjunto de quatro ilhas com o curioso formato de uma água viva. Suas praias são muito perigosas pela presença abundante de animais marinhos venenosos como medusas e caravelas. É também uma região muito rica em fauna marinha, como tartarugas gigantes e baleias. Trata-se de um paraíso tropical protegido pelo governo e voltado para pesquisa.

RESERVA DAS CRIATURAS RARAS E EXÓTICAS

Também conhecido como Zoológico de Sellure, a Grande Reserva é conhecida por ser a maior ilha do reino (superando tanto a Ilha dos Geckos quanto a Ilha dos Dragões). A reserva abriga exemplares de todas as criaturas já catalogadas no Reino de Sellure. É aberto para a visitação o ano inteiro, atraindo turistas e biólogos de todas as partes que visam estudar e aprender mais sobre espécies quase extintas e outras tantas criaturas raríssimas que já não são vistas com frequência.
A ilha também recebe museus e centros de pesquisa avançada com bolsa para estudantes que visam a formação em Estudos de Criaturas Avançadas.

No Livro 1, após Ralph e seus amigos terem enfrentado um Dinorros, é dito que esta criatura seria enviada para a reserva, tornando-se assim sua nova casa.

sábado, 30 de julho de 2022

Constantia [Mapa]

Constantia é uma das regiões mais famosas do Reino de Sellure. Sua história remete aos tempos antigos, fundada junto de Century que se situa ao leste em uma época onde não se tinha acesso às regiões do norte e sul. Tendo sido palco de duas guerras, grande parte da região tornou-se um descampado sem vida, com planaltos remotos e ausência de florestas e fauna. Praticamente todos seus pontos turísticos tornaram-se ruínas e zonas remotas que servem de abrigo para monstros selvagens. A vegetação rasteira dominou tudo com o passar dos anos, e pouquíssimos aventureiros ousam desbravar essas terras que são palco de ataques frequentes.

O clima é quente, com temporais ocasionais vindos do oeste. Nesta província o rio Vitallis se dispersa, desaguando em Century e Helvetica. As quatro raças vivem em harmonia nesta província. Ela sofreu praticamente zero intervenções da ciência e suas tecnologias, mesmo na atualidade. Os habitantes de Constantia são chamados de constantinos.

Nos livros, Constantia é onde se passa a história dos Livros 2 e 3 durante a guerra contra a Peste Negra.

  • Fortaleza da Pedra Azul;
  • Ribravos;
  • Torre da Resistência;
  • Lago Fantasma;
  • Deserto Mirage;
  • Tómarùm;
  • Cidade Lázuli;
  • Monte Rochoso e Caverna dos Aukalakas;
  • Ilha dos Dragões;
  • Abismo do Mundo;
  • Mar das Tempestades.

FORTALEZA DA PEDRA AZUL

A capital da província de Constantia. Trata-se de uma edificação maciça cercada por muralhas construídas com pedras acinzentadas que quando expostas ao céu assumem um tom azul que lhe deu o nome. A fortaleza foi construída em dois níveis por situar-se no alto de um planalto; a área baixa é onde vive a população comum, e na cidadela vivem as famílias mais importantes da região sob a sombra da ilustre e a Torre do Rei.

Suas muralhas são altas e bem protegidas, o que colaborou para a reputação de uma fortaleza que jamais será sitiada pelo inimigo. É onde reside a maior concentração de poderio bélico em todo o reino, e muito de sua história é refletida na cultura de um povo que sempre se vê sob ameaça de guerras.

Acoplado à torre foi construído o Palácio das Safiras que serve de morada para o atual rei e também o Conselho da Matiz, responsáveis pela tomada de qualquer decisão sobre o futuro do reino como um todo. É o lar dos grandes nomes do passdao, possuindo também a maior concentração de habitantes em uma capital.

"A Fortaleza da Pedra Azul fora fundada por Ronem Romenor no tempo da Guerra dos Heróis quando as quatro raças se enfrentaram para descobrir qual era a mais poderosa do reino. Berço de nomes imortais na história, eles se uniram sob uma bandeira. Quando o mal os cercou, a Fortaleza tornou-se a última resistência e desde então manteve-se erguida como um símbolo de esperança." — Capítulo 3, Livro 2.

RIBRAVOS

Ribravos costumava ser uma das maiores cidades de Constantia, mas foi assaltada durante inúmeras batalhas e invasões que aconteceram em torno dos anos. Temendo por suas vidas, pouco a pouco seus habitantes fugiram, e os poucos que restaram foram efetivamente evacuados por volta do ano 108.

Por anos foi um ponto estratégico muito disputado na guerra, pois quem dominasse a cidade teria controle da última guarnição de frente para Fortaleza Azul. Passou então a tornar-se um ponto avançado de treinamento para soldados. Atualmente está sob controle do exército do Rei.

TORRE DA RESISTÊNCIA

No passado a Torre da Resistência serviu como posto de observação do Rei. Durante a Guerra das Espadas foi tomada pelos Três Soberanos, e mais tarde serviu como seu último refúgio, antes da batalha que trouxe um fim a suas vidas. Eleanor e Odylon foram mortos defendendo a torre, mas Rudsi escapou. Atualmente a edificação segue em ruínas e abandonada, tornando-se um local proibido e repleto de armadilhas.

"O portão foi selado com uma magia poderosa, embora as imagens aterradoras da guerra ainda habitassem sua mente [...] “A Torre da Resistência foi tomada!”, ouvira um mensageiro anunciar como um prelúdio de que o fim estava próximo." — Capítulo 1, Livro 2.

LAGO FANTASMA

Há mais de cem anos o Lago Fantasma costumava ser um imenso vale rodeado por planaltos que abrigava uma população de seres humanos e monstros que não tinham contato com o restante de Sellure. Após uma invasão, o percurso do rio foi alterado e o vale inteiro foi coberto pelas águas.

Na atualidade, foi construída uma enorme ponte que serviu de passagem entre a zona norte e sul de Constatia, tendo sido usada pelos Três Soberanos para agilizar a locomoção de seus exércitos. Muitos evitam o lago, alegando ser amaldiçoado por conta das inúmeras vidas perdidas. Uma espessa neblina sempre ronda a região, dando origem a inúmeros relatos de fantasmas e espíritos.

Há um livro muito famoso chamado "Adelaine e Seus Monstros" que conta a origem do povo que lá vivia antes da inundação.

DESERTO MIRAGE

O Deserto Mirage costumava abrigar uma população de geckos e monstros que viviam sob temperaturas extremas. Eles se aliaram aos Três Soberanos durante a Guerra das Espadas, mas terminaram sendo aniquilados. Hoje existem apenas resquícios de povos e andarilhos que habitam essa região hostil e árida.

TÓMARÙM

Tómarùm é como ficou conhecida a sede dos Três Soberanos durante a Guerra das Espadas, e na língua esquecida dos geckos significa "lugar vazio".

Uma região montanhosa e de difícil acesso, serviu como passagem para que a antiga capital de Perpetua fosse invadida pelas montanhas, mais tarde tendo sido transformada no Arco Índigo ao sul. É uma terra árida de terra negra e ar imundo, com inúmeras passagens secretas que ainda hoje não foram descobertas. É o lar de monstros selvagens e outras criaturas hostis que fizeram das ruínas sua morada.

CIDADE LÁZULI

A Cidade Lázuli é uma das Oito Academias de treinamento fundadas em Sellure para a formação de novos soldados. Logo após a vitória perante os Três Soberanos, a academia foi construída em um ponto estratégico por sua aproximação com as bases utilizadas pelo inimigo no passado.

Por anos foi uma das academias mais prósperas e bem conceituadas, mas após o surgimento da Peste Negra cada vez mais jovens eram mortos em ataques repentinos nas redondezas. Com a ameaça de uma nova guerra cada vez mais iminente, a academia foi abandonada e transferida para a capital na Fortaleza Azul.

MONTE ROCHOSO E A CAVERNA DOS AUKALAKAS

O Monte Rochoso possui uma característica peculiar: o cume de suas montanhas é reto como se fossem planaltos. Dizem que os Aukalakas do passado comeram o topo dessas montanhas até que se tornassem dessa forma. Havia uma passagem que levava à toca dessas criaturas, mas com o passar dos anos a entrada se perdeu.

Um renomado explorador tentou aventurar-se com sua máquina moderna, a MK-220, mas ele nunca mais voltou. Esta foi a última expedição feita para descobrir algo sobre os misteriosos túneis. O caminho feito pelos Aukalakas é tão grande que dizem que ele percorre a extensão inteira do continente de uma ponta à outra.

ILHA DOS DRAGÕES

No passado remoto, a Ilha dos Dragões foi o berço das criaturas mais poderosas que já existiram em Sellure. Dizem que foi a morada de Glaüner, o Dragão das Maldições, nos tempos imemoriais dos Três Heróis. Com o extermínio dos dragões, restou apenas uma terra árida e montanhosa onde nada cresce. Até mesmo os monstros e animais a evitam. Para acessá-la é necessário uma embarcação eficiente, pois o Mar das Tempestades é um dos mais violentos por suas mudanças climáticas repentinas que causam naufrágios e formam ciclones e redemoinhos.

ABISMO DO MUNDO

O Abismo do Mundo é o nome dado à fossa mais profunda conhecida em Sellure. É o lar de todas as criaturas marinhas, muitas delas inclusive não catalogadas. Trata-se de uma estrutura rochosa em forma de espiral, com inúmeras tocas de serpentes marinhas e lulas gigantes. É onde habita também o Bonolodon, um dos tubarões mais antigos do mundo.

Dizem que aquele que for capaz de chegar ao ponto mais profundo do abismo encontrará uma fenda que o levará para outro mundo.

MAR DAS TEMPESTADES

O mar mais violento e perigoso de Sellure. Poucos ousaram se aventurar em suas águas. Dizem que toda a história de Sellure começou nesse ponto, pois foi onde Canas, o Descobridor do Mundo, sobreviveu ao naufrágio de seu navio. Uma vez na costa, deu-se início  exploração que desbravou o Reino de Sellure.

sexta-feira, 24 de junho de 2022

A Jornada do Autor: 2022 até agora

Vejamos, por onde começar?

Basicamente, eu sumi por uns 9 meses. Não postei nada e nem trouxe nenhuma atualização para quem acompanha o Reino de Sellure (ou os que sobreviveram ao menos, quem ainda acessa blogs em 2022?). De uns tempos para cá tenho sentido que as pessoas estão cada vez mais impacientes. A leitura de textos longos e cansativos foi perdendo espaço para vídeos rápidos e interativos ou qualquer outro tipo de conteúdo onde você possa fazer ao menos três coisas ao mesmo tempo. Apesar de tudo, ainda sinto que aqui é um dos poucos lugares onde consigo me expressar (até tentei criar um perfil no TikTok, mas falhei miseravelmente).

Aconteceram algumas coisas loucas nesse tempo.

  • Eu basicamente parei de escrever, depois voltei a escrever, depois parei, e por fim voltei. Certa madrugada cogitei seriamente até a apagar o blog e todos meus perfis em redes sociais e sumir;
  •  Estou sem desenhar há cerca de uns dois anos também. Fechei minha página no Deviantart e parei com as fanarts;
  • Eu vinha me sentindo muito mal comigo mesmo, e ainda estou em processo de melhora. Tentei ir a uma psiquiatra e depois uma psicóloga para falar de ansiedade, e ambos os casos foram uma experiência desastrosa;
  • O preço do papel disparou. Logo será inviável vender um livro por 35 reais, e meu último estoque de Matéria - Espada de Madeira está chegando ao fim.

Bem, isso foi em sua maioria apenas a parte ruim. Tentei justificar o sumiço, mas realmente não tenho um motivo concreto além de dizer que eu estava me sentindo triste.

Mas o que exatamente me fez voltar?

Acho que nunca é tarde para tentar melhorar. Cuidar da saúde mental é primordial nesses tempos tão caóticos em que vivemos. Passei por dificuldades, mas o tabuleiro vez ou outra nos abençoa com uma boa posição (isso me faz pensar que joguei um Monopoly de Zelda pela primeira vez na vida recentemente).

Eu comecei a fazer terapia, e estou muito contente com o resultado nesse quase um mês desde que comecei. Também tive a chance de participar de um evento chamado Anime Fanfest que aconteceu na Liberdade, e essa foi minha primeira vez indo como artista. Vendi livros, bottons, stickers, mapas e todos os prontinhos que vocês me viram postar aqui no blog nos últimos anos. Eles estavam guardados desde muito antes da pandemia, e foi extremamente gratificante levá-los ao público pela primeira vez.

Com o dinheiro que pude juntar com a venda dos livros, quero poupar e finalmente pagar uma remessa inicial de 50 exemplares do Livro 2. Espada de Madeira foi lançado em 2019 e já estamos nos aproximando de seu terceiro ano de vida, e eu continuo firme com minhas intenções de publicar toda a Saga Matéria. A Nyx voltou a trabalhar nos rascunhos, e quem sabe não trazemos algumas novidades até Agosto ou Setembro?

Ainda há muitos posts que eu gostaria de trazer para o blog. Páginas de personagens, artes antigas que tenho prontas, mapas, curiosidades... Lamento tê-lo abandonado nesse estado, mas eu com certeza teria lamentado muito mais se simplesmente o apagasse. Esse blog é como um sótão onde guardo muitas lembranças importantes para mim. Eu sempre quis fazer uma espécie de wikipédia para que o leitor curioso possa saber mais desse universo depois que o livro termina, e ele continuará aqui enquanto os blogs continuarem existindo. Talvez sem visitas, mas vai que alguém o encontra esse diário daqui muitos anos como se fosse um tesouro perdido? Bem, talvez não seja um tesouro. Mas com certeza será uma relíquia daquelas que nos fazem pensar: "Não acredito que naquela época as pessoas ainda acessavam blogs!" *risos*


Menu Principal






Menu Secundário






Estatísticas




POSTAGENS
COMENTÁRIOS
Tecnologia do Blogger.

Comentários Recentes

Companheiros de Aventura

+ Lidas da Temporada