segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

FanArt #24 - Grovy

SOBRE A FANART
— por Grovy

"KEEP YOUR HANDS OFF RALPH!"

COMENTÁRIOS DO AUTOR
— por Canas Ominous

ESSE ANIME É MUITO FOFO AAAAAAAAA
Obrigado pela fanart, Grovy! Seu desenho me deu inspiração para rabiscar um pouco (por incrível que pareça, foi a primeira vez no ano) só para completar a trindade de personagens: Midori Asakusa, Sayaka Kanamori e Tsubame Mizusaki. Acrescentei a Auria e a Courtney só porque esse grupinho não pode se separar. ♥ Já pode tocar Easy Breezy à vontade que elas estão prontas!

Para quem não conhece a referência, o anime se chama "Keep Your Hands Off Eizouken!" e conta a história de três garotas colegiais que se unem para criar um anime do zero através de métodos tradicionas. Agora, se me derem licença, vou lá me atualizar nos episódios que ainda não assisti!

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Revisão do Livro 2 CONCLUÍDA

Passando aqui para registrar mais uma etapa da Jornada do Autor — no dia 20 de Janeiro de 2020 a primeira revisão do Livro 2 de Matéria foi concluída. Segundo meu diário de registros, eu terminei de escrever o manuscrito completo em Março de 2018, então logo completaria dois anos desde que ele foi escrita. De lá para cá, eu nunca tinha sentado para reler nada, inúmeros trechos ainda estavam vagos e sem o devido polimento, tanto que precisei evitar enviar para os betas para que eles não se deparassem com coisas como [melhorar a descrição aqui] e anotações em vermelho que minha irmã espalhou por toda a parte.

O Livro 2 terminou com cerca de 390 páginas e 145 mil palavras, o que é deveras curioso, pois o primeiro tinha 392 páginas, mas 10 mil palavras a menos. 

Com a revisão concluída, adivinhem o que vem depois? SIM, OUTRA REVISÃO! Só que dessa vez de um profissional, porque eu sou uma múmia e como palavras sem  notar, sério, alguns amigos meus que já começaram a ler encontraram uma porção de errinhos. Meus agradecimentos à Shiny Reshiram, o Sir Naponielli e o Dark Grovyle que me enviaram o feedback da Parte 1 e me incentivaram o tempo todo a terminar o restante.
A jornada rumo à publicação se inicia outra vez, e será separada em cinco partes: capa, ilustrações, revisão, diagramação e impressão. Como já tenho o controle dos gastos e o tempo que levou para que todo o projeto gráfico seja concluído, não tenho certeza se o Livro 2 sai em 2020, mas irei dar o meu melhor, como sempre.

Ah, e a propósito, o desenho aí em cima é só um rascunho de como imagino que a capa poderia ficar. O que acharam? Continuem de olho para mais novidades!

sábado, 18 de janeiro de 2020

Classes e Rankings

Para ingressar no exército, os novos guerreiros são classificados através do sistema de classes e rankings. Este método foi adotado pelas quatro raças com o intuito de medir a força e a influência de determinado indivíduo e é válido em todas as províncias.

Ele funciona da seguinte forma:

  • Classe E - Todos os aprendizes enviados para as academias de treinamento espalhadas pelo reino iniciam sua jornada na Classe E. Para subir de nível é preciso especializar-se em um dos seguintes critérios: espada, escudo, lança, machado, arco e flecha ou mana;
  • Classe D - Ao ser aceito pelo exército, o recruta imediatamente sobe para a Classe D. O soldado é então escalado para um pelotão comandado por um capitão, com quem deverá seguir um treinamento a rigor;
  • Classe C - Os soldados de Classe C já estão há pelo menos um ano em treinamento, logo, não são mais iniciantes. Eles ainda têm muito a aprender, mas se mostram valorosos em combate. Os Classe C já estão aptos a participarem de batalhas e podem se voluntariar para missões fora da capital, tal como reconhecimento de território, quests avançadas e resgate de necessitados. Representam a maior parcela da infantaria principal do exército;
  • Classe B - Quando um soldado se torna exemplar em seu ofício ou desempenha um grande feito, ele pode ser condecorado com uma medalha e promovido para Classe B, tornando-se assim um capitão. Os capitães geralmente estão entre três a cinco anos na ativa, embora muitos encontrem dificuldades em avançar desta classe. Um capitão torna-se responsável por um pelotão entre trinta a cinquenta soldados, mas ainda obedece aos seus superiores. Os Classe B são responsáveis pelo comando e instrução da infantaria principal. Nos livros, Volker King ocupa este posto;
  • Classe A -  O título de Classe A só é dado àqueles que desempenham um feito surpreendente, conquistando o respeito do próprio Rei. O indivíduo torna-se então major, coronel ou general do exército, sendo responsável por um batalhão entre quinhentos e oitocentos militares. O Classe A pode comandar qualquer outra patente inferior, recebem uma sala particular e seu próprio estrategista, mas não têm poder de voto no Conselho. Duas figuras importantes citadas no livro são Raito e Lloyd King;
  • Classe S - Para tornar-se um Classe S, o indivíduo tem de se consagrar como uma lenda. Muitos levam em torno de duas a três décadas para sequer ser cogitado a esse posto, dificilmente existem mais de três pessoas a ocupá-lo. O Classe S não apenas tem controle de um regimento ou brigada, sua influência pode alterar o curso da guerra, podendo exercer poder de voto nas leis e contribuições do Rei. Algumas das figuras históricas do passado que se tornaram um Classe S são: Tokay, Asa Negra, General Defesa e Drake, o Braço da Justiça.

Menu Principal






Menu Secundário






Estatísticas




POSTAGENS
COMENTÁRIOS

PARCEIROS [BUTTON]

Tecnologia do Blogger.

Comentários Recentes

+ Lidas da Temporada