sábado, 19 de setembro de 2020

Sobre Geckos

ANTES DA HISTÓRIA...


Os geckos estão entre as criaturas mais antigas existentes no Reino de Sellure, não porque eles evoluíram e se desenvolveram dos répteis há milhões de anos atrás, deixando seu habitat natural nos oceanos e passando a dominar a terra; os geckos foram criados antes mesmo que Matéria sequer sonhasse em se tornar um livro!

A palavra gecko surgiu de uma espécie de lagartixa típica da Ásia e do Pacífico, os Tokay gecko. Para evitar comparações, o nome da raça acabou por ser alterado, mas durante muitos anos eles foram chamados apenas de Tokay, tendo sido baseados em uma das raças mais obscuras do universo Zelda, aparecendo somente em The Legend of Zelda: Oracle of Ages. Muitas características foram mantidas dos Tokay originais  a cor esverdeada, o temperamento curioso que tende a furtar pequenos objetos, o habitat natural em uma ilha no formato de lua crescente, dentre outros.

As primeiras anotações a seu respeito que se têm notícia vêm de alguns meses antes de Ralph e Lesten darem as caras no primeiro gibi do autor em Outubro de 2005: The Legend of the Sword. Pode-se confirmar então que essas criaturinhas vieram antes mesmo dos protagonistas!

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS


"Com porte mais avançado e desenvolvido que os humanos, os geckos vestiam armaduras dos pés à cabeça, como um reforço para sua pele resistente. Não cuspiam fogo como dragões, mas alguns voavam, e eram tão cheios de suas estranhezas particulares que nunca descobriram tudo sobre a própria espécie e suas origens ancestrais. " — Capitulo 6 - Espada de Madeira.

Sellure é um mundo repleto de criaturas bizarras, mas os geckos conseguiram se destacar de maneira surpreendente. Trata-se de uma raça de lagartos humanóide inteligentes que vivem em sociedade; todo gecko possui garras retratéis tanto nas mãos como nos pés, seu corpo é coberto de escamas grossas e sua coloração varia de acordo com o ecossistema onde vive  os laranjas são mais comuns em desertos e montanhas, os azuis no litoral —, alguns possuem manchas pelo corpo, e nenhum outro gecko possuirá manchas iguais.

Devido a seu sangue frio reptiliano, é necessário que uma vez ao dia os geckos tomem um banho de sol de pelo menos quinze minutos, ou que fiquem próximos de alguma fonte de calor. São reconhecidos como os melhores caçadores do reino por sua habilidade em se esconder em lugares improváveis e escalar estruturas altas com suas patas adesivas, o que lhes rende posições comuns como batedores e espiões.

Desde os tempos imemoriais, geckos foram péssimos com o uso da magia, dando preferência para equipamentos leves e pouca armadura. Os geckos são a segunda raça mais populosa no reino, perdendo apenas para os monstros (ainda que cerca de 40% da população de Sellure sejam monstros, apenas 15% deles se encaixam como criaturas inteligentes, logo, os geckos ocupariam o pódio).

É comum para um gecko o desejo de formar novas amizades, eles são amistosos e receptivos, e têm um cuidado especial para com a natureza que tanto preservam. São engenhosos em suas criações e hábeis em geografia por natureza, podendo estudar o solo e prever tempestades horas antes que aconteça. A energia eólica em Sellure foi descoberta pelos geckos, e desde então tornou-se sua principal fonte.

PERSONAGENS MARCANTES


O principal representante dos gecko na saga Matéria é Lesten, um dos companheiros de Ralph em sua jornada. Lesten traz todas as características que definem sua raça  é desleixado, curioso, espontâneo e extremamente leal.

Existem também sub-espécies dentro da raça dos geckos, como os crocodilos e as serpentes. Rudsi, da Coroa de Ferro é do tipo dos crocodilianos, sendo muito maior e encorpado do que um gecko comum, sua couraça natural é mais dura e resistente, embora isso resulte em menor velocidade. O Dr. Erlenmeyer por sua vez é do tipo das serpentes, possuindo a língua bifurcada e um talento nato para charadas e enigmas. Os geckos dessa espécie não possuem as duas pernas traseiras, mas aprenderam a se equilibrar em sua longa cauda enrolada. Muitos escondem suas pernas por conta do preconceito.

ORIGEM E LOCALIZAÇÃO


Os geckos desenvolveram a habilidade de construir edificações por conta de seus polegares opositores.  De fato, eles sempre foram muito hábeis em basear-se nas ideias de humanos e tótines inteligentes e moldá-las para uso próprio. A Ilha dos Geckos, localizada ao leste no Mar Plano em Myriad, é onde concentra-se a maior densidade populacional da espécie. Suas casas tendem a ser construídas próximas à praia, mas por vários anos eles sofreram com as fases da lua e a maré alta até aprenderem que poderiam criar moradias suspensas umas nas outras, criando assim prédios capazes de resistir aos mais fortes fenômenos naturais.

Desde os tempos antigos existe uma rixa entre geckos e humanos. Antes de se tornarem melhores amigos, os Três Heróis travaram inúmeras guerras em busca de território e influência; o Descobridor do Mundo e Asa Negra disputaram durante anos e só tiveram uma trégua após o falecimento de General Defesa.

Há quem afirme existir um parentesco distante entre os geckos e os dragões. Os dragões habitam mundos distintos desde os tempos imemoriais, e o surgimento do primeiro gecko pode estar atrelado a sua estadia nas terras inóspitas de Sellure antes da chegada dos humanos e o surgimento da magia.



Compre aqui o seu!

Menu Principal






Menu Secundário






Estatísticas




POSTAGENS
COMENTÁRIOS

PARCEIROS [BUTTON]

https://guildfairytailbr.blogspot.com.br TDM-Subs



Tecnologia do Blogger.

Comentários Recentes

+ Lidas da Temporada