sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Raito


"Encontramos os heróis onde menos se espera." — Raito, Capítulo 4.

Raito é um dos mais famosos oficiais da Fortaleza da Pedra Azul. Celebrado por seus feitos no passado, ganhou fama por liderar grandes investidas contra o inimigo, tornando-se assim um Classe A mesmo antes da maioridade. Sua mais famosa façanha foi ao lado de Canas, o Descobridor do Mundo, e outros grandes líderes que enfrentaram e repeliram o exército de Rudsi, da Coroa de Ferro, no ano 108. Raito não tinha sequer completado dezoito anos quando foi consagrado Herói dos Humanos

Raito é quieto e reservado, além de extremamente pretensioso e manipulador. Sua característica mais marcante é o olho direito branco, um verdadeiro mistério, pois muitos afirmam que ele não é cego. Raito prefere encarar os fatos de frente e não deixar suas tarefas para depois, é realista, idealizador e não perdoa deslizes. Ele é a mente comunicativa por trás de grandes planos, onde representa a parte política e diplomática do reino. Sua maior qualidade é ser leal aos seus superiores, tornando-o uma das peças mais importantes e influentes entre os Humanos. Desde então, membros influentes do Conselho passaram a ficar de olho nele.

Seu único e melhor amigo é Lloyd King, com quem compartilha sua jornada de trabalho pelo reino atrás de revelações para o exército.

Raito e Lloyd aparecem pela vez primeira visitando a Vila das Pérolas em busca de novos soldados para seu batalhão. Eles trabalham para o Rei na Fortaleza da Pedra Azul e estão entre seus heróis mais poderosos e respeitados.


  • Lâmina Encantada [Support] – O usuário é capaz de usar magia através de suas armas, mesmo não pertencendo à raça dos tótines ou possuindo selos; 
  • Aura de Luz [Ofensivo] – Golpe poderoso, extremamente eficaz contra criaturas das trevas; 
  • Limite da Morte [Ofensivo] – Esta habilidade garante a morte imediata da vítima (não pode ser usado em oponentes de nível superior ou igual); 
  • Carga Gloriosa [Defensivo] – O usuário incentiva seus companheiros e os torna completamente invulneráveis por um curto espaço de tempo; 
  • Mestre de Duas-Espadas [Habilidade Passiva] – O guerreiro é capaz de manusear duas espadas com maestria, sem que isso afete sua capacidade em combate; 
  • Monsters Bane [Habilidade Passiva] – Garante um bônus em ataque contra a raça dos Monstros; 
  • Proteção Divina [Habilidade Passiva] – O guerreiro é envolto por uma aura misteriosa que o protege contra ataques surpresas, flechas e golpes fatais; 
  • Liderança Plena [Habilidade Passiva] – Garante um bônus em todos os status para seus companheiros durante a batalha.
"[...] Recomendo que parem de tentar copiar seus ídolos e heróis, parem de tentar repetir as mesmas histórias das lendas que marcaram época; vocês não são eles. Tornem-se únicos naquilo que fazem de melhor. Agradeço a compreensão e paciência, dediquem-se mais e continuem treinando para serem autênticos e eficientes. 
 Raito, Capítulo 4.

  • Raito seria originalmente chamado Light, de forma que "raito" seja o mais próximo de sua pronúncia japonesa. Inclusive é uma brincadeira com a época em que o anime Death Note estourou de sucesso no Brasil e os otakus chamavam o protagonista de Raito;
  • A cor de seu cabelo era loiro antes de mudar para o perolado;
  • Quando foi criado para a história, Raito seria conhecido como "O Homem Mais Poderoso do Reino". Apesar de não ter mantido seu título, ele continua sendo um guerreiro formidável.

Lloyd King


"Lloyd King era o responsável pela súbita mudança no tempo, um homem capaz de controlar elementos ligados ao gelo e os usar para submeter seus batalhões a condições extremas. Um King já era forte e influente por si só. Ali estavam dois dos melhores." — Capítulo 4.

Lloyd King é um dos mais altos e respeitados oficiais dos humanos na Fortaleza da Pedra Azul. Descendente de uma linhagem pura de tótines, sua família é conhecida por ser capaz de manipular elementos com perfeição, mantendo traços e habilidades raras para humanos normais.

Apesar de ser considerado um homem muito influente, Lloyd prefere manter-se longe da parte diplomática do reino, pois sua reputação se deve à sua habilidade como guerreiro. Ele tende a ser muito generoso quando lhe convém, mas a família dos King é conhecida pelo sangue quente  uma tremenda ironia. Debochado e ambicioso, adora vinho e principalmente mulheres.

Seu companheiro e melhor amigo é Raito, um dos oficiais mais próximos do rei. Os dois assumiram o posto de generais Classe A e viajam em missões diplomáticas pelo reino, atuando em reuniões de negócios e seleções de novos guerreiros valorosos para o exército. Lloyd tem um irmão mais novo chamado Volker, um capitão do exército que domina poderes elétricos. Por algum motivo, tanto Lloyd quanto seu irmão mais novo não se dão muito bem com sua família que vive em Perpetua.

Raito e Lloyd aparecem pela vez primeira visitando a Vila das Pérolas em busca de novos soldados para seu batalhão. Eles trabalham para o Rei na Fortaleza da Pedra Azul e estão entre seus heróis mais poderosos e respeitados.

  • Raio de Gelo [Ofensivo] – Dispara um raio congelante. O ataque mais comum entre magos elementais;
  • Avalanche [Ofensivo] – uma magia poderosa que soterra seus adversários com neve. Aumenta o poder de dano em quantidades maiores de inimigo;
  • Tempestade de Cristais [Ofensivo] – Um dos ataques mais poderosos do elemento gelo, o mago cria uma tempestade de cristais afiados que inflige dano massivo;
  • Película de Vidro [Defensivo] – O usuário é protegido contra ataques mágicos por um curto período de tempo;
  • Parede Congelada [Defensivo] – Cria uma parede resistente para impedir o avanço de seus inimigos;
  • Mudança Climática [Habilidade Passiva] – A temperatura e o clima local podem ser alterados ao custo de uma quantidade enorme de mana;
  • Domínio Sobre Elemento [Tríade Mágica dos Tótines] – Um dos três poderes primários dos Tótines. Seu elemento é o gelo;
  • Manipulação [Tríade Mágica dos Tótines] – O usuário se torna capaz de congelar grandes objetos e resistir a temperaturas baixíssimas, transformando seu próprio corpo em uma armadura de cristal;
  • Transformação [Tríade Mágica dos Tótines] – A forma mágica de Lloyd é um pinguim imperador, (apesar dele não se orgulhar muito dela).
"O sobrenome King tinha impacto em qualquer região que se pronunciasse. Descendente de uma linhagem de humanos e uma raça mágica conhecida como tótines, eles aperfeiçoaram a magia a ponto de domina-la sem precisar da influência de nenhuma feitiçaria ou mecanismo externo." 
Capítulo 4.

"Boa sorte em sua jornada, seja ela qual decida seguir. Estaremos esperando.
 Lloyd King, O Passado dos Personagens: Boneca Artificial.

  • O nome Lloyd significa cinza, em galês;
  • Seu nome foi escolhido a partir de duas referências: a primeira sendo o protagonista do jogo Tales of Symphonia, e a segunda de um swordmaster antagonista em Fire Emblem: The Blazing Blade. Curiosamente, apesar dos de ambas referências serem exímios espadachins, Lloyd não usa espadas para combate;
  • Originalmente o nome do personagem seria Storm King, que por sinal foi mantido como seu título, o Senhor das Tempestades;
  • Seu cabelo foi loiro por um tempo, mas logo voltou a ser azul para diferenciá-lo de seu irmão, Volker. A a maior característica de sua aparência era uma longa franja no olho esquerdo;
  • Desde que foi criado, Lloyd seria um dos poucos amigos verdadeiros de Raito, embora ele não atuasse no exército;
  • Lloyd mede cerca de 1,93cm, o que o torna um dos humanos mais altos da série, dois centímetros maior do que Peter Lee (1,91cm). Gigantes, Monstros e afins não inclusos;

Um dos desenhos originais de Lloyd, do ano de 2008, quando ele ainda se chamava Storm King.


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Hugh Burnout


"Alguma vez deixei de cuidar do meu garoto?  Hugh Burnout, O Passado dos Personagens: Duas Maldições.

Hugh Burnout é um tótines poderoso e antigo membro da Ordem do Selamento. Ele vive afastado de sua família que habita a Ilha-S, em Myriad, uma vez que os integrantes da ordem passaram a serem caçados no ano 115. Hugh era detentor de uma das cinco Pérolas Sagradas, mas deixou-a escondida onde somente seus filhos e esposa pudessem encontrar. Apesar dos planos de retornar a vê-los, Hugh nunca mais foi capaz de voltar.

Além de um homem calmo e observador, gostava de revelar seu lado mais travesso e debochado com os mais novos. Foi um pai justo e atencioso, mas sua ausência acarretou em certa rebeldia por parte de seu filho mais velho, Aedan. Após sua fuga, Hugh viveu o resto de seus dias em uma casinha de campo entre as montanhas gélidas do norte. Em suas horas vagas ele trabalhava em anotações contendo detalhes sobre os guardiões da ordem e as Pérolas Sagradas que protegiam. Após sua casa ter sido incendiada, os arquivos só foram salvos por terem sidos mantidos na biblioteca de Bodoni, uma das maiores do reino. Sua obra foi mais tarde compilada e publicada postumamente pela editora Clube Party.

O Treinamento de Peter Lee e o Encontro com Lobo

Quando passou a morar na Cidadela Púrpura em Bodoni, Hugh adotou um jovem chamado Peter Lee e passou a treiná-lo para que se tornasse um habilidoso guerreiro. Após um terrível incidente envolvendo uma luta, Lee desenvolveu os Olhos Vermelhos o que desencadeou uma série de infortúnios em suas vidas. O ex-guardião aventurou-se pelas terras do norte em buscas de respostas para a cura de seu discípulo, mas não fez muito avanço. Sua esposa Isadora era uma feiticeira especializada em maldições, levando-os a crer que poderia ser a única alternativa para a cura.

Durante os anos que se passaram, Hugh recebeu Lee e Hayley como se fossem seus filhos, mas certo dia sua casa foi atacada por um Espírito De Baixo conhecido como Lobo. Após um combate fervoroso, Hugh acabou por falecer devido às feridas, ainda que o monstro tenha sido repelido. Em seu óbito, Hugh entregou à Hayley uma pequena caixa com todas as cartas que ele desejou entregar para seus filhos e esposa, mas não o fez por medo de que os encontrassem.
Ele nunca teve a chance de despedir-se, mas prometeu rever sua família em uma outra vida.

Hugh era um tótines poderoso por exercer controle sobre os três tipos de magia de sua raça: Manipulação, Transformação e Elemental, o que também foi herdado por seus filhos.

Hugh Burnout teve uma importante participação no desenvolvimento de Peter Lee, mas em momento algum ele é visto no primeiro livro, seu nome é apenas citado brevemente. Por conta de sua ausência, é possível acompanhar O Passado dos Personagens pelo blog, com três capítulos exclusivos que contam parte do treinamento de Lee e seu mestre.

  • Explosão de Chamas [Ofensivo] – Um poder de altíssimo nível, usado somente por mestres do elemento; 
  • Parede Incandescente [Defensivo] – É capaz de criar uma parede de fogo para bloquear a passagem de inimigos;
  • Domínio Sobre Elemento [Tríade Mágica dos Tótines] – Um dos três poderes primários dos Tótines. Seu elemento é o fogo;
  • Manipulação [Tríade Mágica dos Tótines] – O usuário é capaz de criar, controlar e tornar-se fogo. Se absorvê-lo em grande quantidade, pode aumentar a própria mana;
  • Transformação [Tríade Mágica dos Tótines] – A forma mágica de Hugh nunca foi revelada, mas acredita-se seja uma salamandra.
"Cinco são as Pérolas Sagradas que deram origem ao antigo povo dos Tótines. Reunidas, representam a magia e a essência da vida.”
  Facade, citação do livro de Hugh Burnout, Capítulo 15.

"Enquanto estivermos vivos, temos tempo para conseguirmos o que eu quisermos
  Hugh Burnout, O Passado dos Personages: Duas Maldições.

"É melhor ficar sozinho com seus pensamentos do que com outras pessoas que o façam sentir-se vazio 

  Hugh Burnout, O Passado dos Personages: Pesadelo.

"Viver com humanos é estranho [...] e cada dia que passa eu os acho mais e mais estranhos; cheios de suas incertezas e dúvidas, mas com uma força de vontade imensa para alcançar seus sonhos mais impossíveis"
  Hugh Burnout, O Passado dos Personages: Pesadelo.

"Hugh Burnout é um idiota por desejar que eu continue batalhando para entrar no Sellureville e ser o maior lutador do mundo, agora faço jus ao título que me deram nos tempos de iniciante: Canhão de Vidro. Bato como ninguém, mas quebro em mil pedaços quando levo uma surra. Esse corpo humano... é uma merda."
 Peter Lee, O Passado dos Personages: Pesadelo.

  • Hugh Burnout foi um dos primeiros personagens secundários apresentados no blog e foi criado especialmente para participar do passado de Peter Lee. Seu nome é mencionado uma única vez no primeiro livro, ainda que seu envolvimento na história se dê através de seus filhos;
  • Seu cachecol possui as cores da Grifinória;
  • A Editora Clube, que na história publicou o livro de Hugh Burnout, era também a editora imaginária que o autor inventou quando criança e ainda desenhava seus quadrinhos. É uma homenagem ao Clube Party, um de seus projetos mais antigos;

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Espíritos De Baixo [Monstros e Criaturas]


"Sobre seu corpo reinavam três fantasmas que prevaleciam sobre todos os demais. Eram deformados e de aparência sinistra, com sorrisos caóticos e olhos sem pálpebras. Pareciam sair de dentro da serpente que ria e gritava alto com a aparente falha miserável de sua experiência. Um dos fantasmas virou-se [...] Era horrendo, como uma aberração expulsa do próprio inferno diante de sua maldade extrema, uma besta temida pelos próprios monstros que a criaram.— Capítulo 34.

Sobre a Criatura
Os Espíritos De Baixo (também conhecidos como sombras, poltergueist ou apenas espíritos malignos) são criaturas vindas do Unferis, o mundo inferior. Eles são os responsáveis por todas energias e sentimentos ruins das pessoas, como a raiva, inveja, insegurança, arrogância e medo.

Apesar de existirem espíritos extremamente violentos e poderosos, a maioria deles não passa de sombras perdidas no mundo, por isso são classificados em uma escala de um a dez.
Aparência e Características
A aparência dos Espíritos de Baixo é amedrontante e cruel. Nenhum deles é igual, sendo originados  de pensamentos e emoções ruins.

Eles se manifestam sem forma, completamente invisíveis aos olhos de qualquer raça. As pessoas tendem a apenas sentir sua presença com súbitas mudanças de comportamento, como tristeza, raiva incontida ou desespero. Alguns são pequenos e causam distúrbios corriqueiros no dia a dia, outros são maiores e mais ameaçadores; dentre suas características mais comuns está a ausência de olhos, garras alongadas e a capacidade de flutuar.

Os espíritos mais poderosos são também os mais antigos, podendo alcançar até o nível 10. Eles podem passar de um hospedeiro para outro, alimentando-se de sua energia e levando-o à exaustão; até o nível 5 eles não apresentam nenhum perigo real que leve o atormentado à morte; quanto mais próximo do nível 1, mais fácil será repeli-los.

Alimentação
Espíritos se manifestam a todos os momentos, mas durante a noite seus poderes se elevam, a madrugada em especial é o auge de sua força. Alguns se alimentam de sonhos; outros, do medo e desespero das pessoas, causando pesadelos e distúrbios.

Origem e História
O Unferis é fruto de muitas lendas no Reino de Sellure, dizem que as terras de baixo são governadas por uma das três entidades supremas do mundo, Yllata, a Rainha do Submundo. O Unferis é conhecido como uma espécie de segundo plano. Após a morte no mundo real, a alma de todo ser passa a habitar em uma nova realidade onde terá a chance de redenção, pagando por seus erros. Após quitada a sua sentença, as almas podem reencarnar ou aguardar os entes queridos no próprio mundo inferior.

Existem inúmeras fendas no Reino de Sellure que levam ao Unferis, essas passagens permitem que criaturas sem forma transitem livremente entre os dois mundos. Alguns dizem que Yllata não pode fechá-las, outros acreditam que ela mesma foi a responsável por criá-las para que o caos nascesse.

Curiosidade: O primeiro Espírito De Baixo apresentado é Lobo, uma criatura que assume a aparência de um animal e persegue pessoas por simples prazer e diversão.
Onde podem ser encontrados?
Espíritos estão por toda parte, em qualquer lugar do mundo. Como ninguém pode vê-los é difícil dizer um local exato, mas eles são atraídos por pessoas que estejam passando por momentos difíceis em sua vida.

Alguns espíritos habitam Sellure há tanto tempo que sua forma foi aos poucos tornando-se física. Eles tornaram-se parte de nosso mundo, tanto que não conseguem mais voltar ao Unferis. Dizem que quando alguém é derrotado em batalha por um espírito sua memória é apagada, tendo seu corpo transformado em hospedeiro.


Estratégias e Dicas em Combate
Não se pode batalhar diretamente contra um espírito, deve-se evitá-los a qualquer custo. Por não ter uma forma física visível, eles tendem a atingir primeiramente a mente e o coração das pessoas, corrompendo suas emoções.

Há duas formas de se enxergar um espírito: a primeira delas é tendo os Olhos Vermelhos, que se servem como um imã para essas criaturas serem atraídas. A segunda é através de selos e magias conjuradas por feiticeiros ou usuários de mana.

Curiosidade: O espírito que Peter Lee enfrenta no capítulo especial "Pesadelo" foi baseado em um sonho do próprio autor. Cerca de três anos antes o autor sonhou com uma criatura de aparência canina e garras longas que ficou observando-o enquanto dormia. Quando criou o personagem Lobo, o autor não sabia que existia uma lenda urbana na internet conhecida como The Rake que, coincidentemente possuía as mesmas características.

Status & Skills
  • Maldade [Habilidade Passiva] - Mesmo contra sua vontade, o espírito tende a agir de maneira maligna e atacar qualquer um ao seu redor. É necessário ser de um nível superior para controlá-lo;
  • Devorador de Sonhos [Ofensivo] - O espírito se alimenta do sonho de seus inimigos. Caso o usuário seja colocado sob o status Sleep, sua energia é drenada;
  • Invisibilidade [Defensivo] - Torna-se completamente invisível aos olhos dos mortais, exceto por aqueles que possuem Olhos Vermelhos;
  • Passagem do Mundo Inferior [Defensivo] - É capaz de locomover-se entre dimensões e viver em mundos diferentes, porém, não simultaneamente;
  • Comedor de Pesadelos [Support] - Alguns espíritos se alimentam de pesadelos para aumentar a própria energia, por isso acabam se tornando uma boa companhia para aventureiros que sofrem da maldição do "Olho Vermelho".

Aparições Marcantes
Os Espíritos De Baixo tiveram diversas pequenas aparições no primeiro livro:

  • Ralph enfrenta um espírito que assume a forma de seus amigos no Capítulo 23. Uma horda de espíritos assombrava o Capitão Bernard em seu navio;
  • Raegar é um personagem que também está constantemente acompanhado de espíritos. Ele manipula alguns no Capítulo 32 para atacar um grupo de bandidos;
  • O Doutor Erlnemeyer possui três grandes espíritos que o acompanham. Seus nomes são Lobo, Sussurro e Dark, e eles são citados pela primeira vez no Capítulo 34;
  • No capítulo especial "Pesadelo", Lee e Hugh Burnout enfrentam Lobo pela primeira vez quando este perseguia Hayley. Não se sabe se naquela época ele já estava a serviço de Erlenmeyer;
  • O monstro que consta na ilustração desta página é Darking, um espírito de aparência animalesca que se alimenta de sonhos ruins. Ele vive nos arredores da casa da Pequena Colina.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

3º Revisão Concluída

Primeira postagem de 2017, galera! Vamos às novidades do Reino de Sellure: O que esperar desse ano? Será que o livro sai mesmo? Vai ter mais alguma história ou especial? Fanfics e fanarts? 

Enquanto o livro não sai, só tenho pensado em uma coisa: REVISAR, REVISAR e REVISAR! Não cheguei a ler o livro completo (acho que só farei isso quando tiver uma cópia física em mãos), mas praticamente todos os dias estou abrindo meus documentos e fazendo pequenos ajustes na história, excluindo parágrafos desnecessários, sumindo com conversas que me faziam sentir vergonha de tê-la escrito (sério, eu mesmo sentia vergonha alheia de algumas coisas, haha).

Dia 8 de Janeiro de 2017 deixo registrado que concluí a terceira revisão do livro. Cada vez que encontro um erro amador eu fico mais feliz por ainda não o ter publicado. Essa revisão se deve ao fato de que a Litos  minha irmã mais velha, quem é dos tempos de Sinnoh deve lembrar  concluiu sua leitura e deixou um monte de anotações para eu consertar (ela até pediu para que eu imprimisse o manuscrito inteiro, ficou parecendo uma daquelas enciclopédias barsa!). Eu costumo brincar com as pessoas que não a conhecem dizendo que a Litos é cruel, sim, muito cruel mesmo, ela tem um metro e cinquenta de pura maldade com estilo de personagem tsundere fofa de anime. Mas a questão é que, em meio a essa revisão, a Litos me informou que eu vinha cometendo um erro bobo e colocando vírgula antes de "e". Eu estranhei a princípio porque ninguém nunca me falou que isso estava errado, mas depois de me aprofundar no assunto descobri a verdade.

Segundo o site Dicas Diárias de Português EXAME:

"Há um mito que persegue qualquer leitor mais atento: vírgula e “e” não se combinam. Combinam sim! Existem vários casos de ocorrência da vírgula antes de “e”. [...] Um dos mais comuns é a relação adversativa, contrária, ou então no caso de orações coordenadas formadas por sujeitos distintos."
O problema é que em 90% das vezes eu escrevi errado, foram mais de 300 vezes que repeti esse erro no livro e apenas algumas estavam corretas. São quase 6 anos escrevendo e só tomei conhecimento disso agora, ninguém nunca havia me alertado e eu também não fui capaz de perceber como a história fluiria melhor sem eles. A partir de hoje tomarei muito mais cuidado com essas vírgulas!

Eis aqui algumas das correções mais importantes que foram feitas nessa revisão:

  • Excluídos erros que envolvem vírgula antes de "e";
  • Excluídos o arco que envolvia os Capítulos 24 e 25: Proteja-me e Meus Amigos
  • Excluído o Capítulo 16: Bill e Tootie, que trabalhava melhor a relação dos personagens;
  • Excluídas algumas cenas irrelevantes que envolviam Lee, Hayley e Johnny Goldo, o Contador;
  • O Epílogo foi reescrito por completo;
  • Acrescentado um foco mais concreto para Ralph: Encontrar-se com o Misterioso Viajante;
  • Excluído o Matéria do Matéria [?]. Um livro com o poder de saber tudo não existe mais neste universo.
Lembram que há algum tempo eu também falei que havia escrito dois capítulos inéditos para melhorar um pouco o entrosamento de alguns personagens secundários? Então, acabei de retirá-los, haha. A Litos não perdoou nada, disse que eram completamente irrelevantes e mais se pareciam com fillers (também conhecido como encheção de linguiça). É isso que dá escrever fanfics por tanto tempo, estou tendo uma dificuldade tremenda em ir direto ao ponto, são tantas coisas que quero falar sobre este universo que acabo enrolando até demais da conta.

Três capítulos foram excluídos, totalizando algo em torno de 32 páginas. Se contarmos todos os capítulos que já tirei do livro até agora são mais de 20.000 palavras, algo em torno de 50 ou 60 páginas que constarão no "Cenas Deletadas" aqui do blog, então no futuro vocês ainda poderão ler essas pérolas! Em sua maioria eu excluí os capítulos que dava atenção aos antagonistas da Ordem do Selamento. Ao invés de tentar mostrar mais deles no livro, deixarei que esses personagens e suas devidas histórias e passados fiquem como parte exclusiva do blog. Para vocês terem ideia, acho que eu poderia escrever outro livro inteiro para falar desses caras!

A boa notícia é que pretendo também começar a revelar os desenhos em que estive trabalhando! Isso mesmo, quero mostrar alguns novos personagens para movimentar o reino em 2017. Se vocês acessarem a página perceberão que a área de Personagens Recorrentes foi adicionada com mais sombras. Em breve vocês terão a chance de conhecê-los, espero que gostem!


Menu Principal






Menu Secundário






Estatísticas




POSTAGENS
COMENTÁRIOS

PARCEIROS [BUTTON]

Tecnologia do Blogger.

Comentários Recentes

+ Lidas da Temporada